PARA RECORDAR…

É com enorme orgulho, vaidade e imensa alegria que participamos nos vários eventos programados e dinamizados pela Direcção da nossa prestigiada Associação, visando a celebração de mais um aniversário.

Hoje, a tarde foi destinada à inauguração de uma bonita Exposição de Escultura e Azulejaria do Artista Francisco Vaz.

As fotografias revelam a grande qualidade estética e o domínio pleno destas Artes ligadas ao fogo.

Se me permitem a ousadia de tecer algumas considerações, direi que os quadros de Azulejo encantaram-nos pela graciosidade das formas, tonalidades utilizadas, texturas conseguidas com o fogo e, até certo ponto, também a noção de volume se encontra expressa em todos eles.

Por outro lado, alguns painéis remetem-nos para a Poética Visual, numa interligação perfeita entre a Palavra e a Imagem criada. São exemplos: «Evidência I», «Evidência II», «Olhar a música do Zeca I», «Olhar a música do Zeca II» e «Olhar a música do Zeca III»

Quanto às Esculturas e seguindo um “caminho” bem contemporâneo, o Artista Francisco Vaz utiliza materiais comuns, nomeadamente tijolos, manilhas de grés cerâmico, arcos ou cintas metálicas (utilizadas na centenária arte da tanoaria para prender as aduelas) e ferros, concedendo-lhes uma outra utilização e “leitura”, elevando-os à condição de materiais artísticos, numa relação muito interessante entre o Artista e a obra criada.

Muitos parabéns ao Artista Francisco Vaz p’la qualidade excepcional das obras expostas reveladoras de muita imaginação, criatividade, originalidade e sentido estético.

Muitos parabéns também, a todos os colegas e amigos da Direcção da nossa Casa do Educador do Seixal por se começar desta forma brilhante os eventos que celebrarão o 15º. Aniversário da CES.

Como é habitual, a cerimónia da inauguração desta bela Exposição foi marcada por três momentos de grande simbologia:

- Breves mas elogiosas palavras proferidas pelos Presidente e Vice-Presidente da Casa do Educador, Profs. Tomás de Aquino e Jaime Ribeiro, do próprio Artista Francisco Vaz explicando em traços gerais as obras agora expostas na Galeria de Arte e jardim da nossa Associação e, também, palavras de grande apreço e amizade proferidas pelo Presidente da Junta de Freguesia de Amora, Senhor Manuel Araújo.

- Miguel Torga esteve presente neste evento muito especial, através dos seus belíssimos poemas, musicados e interpretados pelo nosso querido amigo Guedes e, um outro, lido pela nossa querida amiga Amélia Lopes.

- Um Moscatel de Honra e um lanche foram servidos a todas as Entidades presentes e aos restantes sócios e amigos da CES.

Eis algumas fotografias para motivar os amigos a visitar esta bela Exposição, a qual se manterá até ao dia 20/Novembro/2017, na Galeria de Arte da nossa Associação, com o seguinte horário: de segunda a sexta-feira, das 9,30H. às 18 H..

Colaboração de Mª. Lourdes Mano e João Lucas

 

   Veja aqui a reportagem fotográfica de João Lucas

Quem Somos | Projectos | Agenda | Forum | Contactos