Crianças!                         2010-09-18

Crianças!
Foram tantas
Que em meus braços
Afaguei...
De cabelos entrançados
Lisos, encaracolados
Sei lá! A todas amei
Com um rostinho
Tão doce...
O sorriso... de encantar
Pequeninas... mais crescidas
Na escola...
Olhos sempre a cintilar!
Lá vinha de vez em quanto
Uma lágrima a cair
Também um chorar constante
Dificil de traduzir.
Aprendi tanto com elas!
Cada dia...uma lição!
Rir, pular e cantar
Rotinas do dia-a-dia
A arte de conviver
Todos iguais... mas diferentes
Na vida que iriam ter.
E no meu coração
Não havia distinção.
Quando ao findar do dia
Com a cabeça a "abrasar"
Já desejava outro dia
Para as poder encontrar.

E foi assim que vivi
Tantos anos...
Que agora ao recordar
A mais bela profissão
Das crianças
Guardo ainda
Uma doce recordação.

Maria Fernanda Silva Baptista
( Último dia de Agosto de 2010 )

Quem Somos | Projectos | Agenda | Forum | Contactos