Cinquenta Anos Depois

(Poema para a comemoração dos 50 de conclusão do Curso do Magistério Primário de Beja, em dia de encontro de saudade...) 

No “Espelho de Água” olhamos nossos rostos.
Cinquenta anos depois
Somos jovens novamente
Embora o Magistério esteja extinto.
Ainda pairam dele boas recordações
O pão do espírito ficou finto
E levedou nossa amizade,
Que vimos partilhar com alegria
Num misto de saudade e de magia.

Não há semblantes carregados
Nem tão pouco ossos a doer,
Há na vida coisas tristes a esquecer.

Mas nos nossos ideais abnegados
Aqui estamos porque sabemos conjugar
O verbo SOBREVIVER.

Tantas histórias de vida a relatar
Dizer de sucessos e fracassos
Que todos temos na vida...

Estamos aqui, o saldo é positivo.
Há muita solidariedade neste momento especial.
Quem veio o fez com afinidade
Quem não veio, foi por impossibilidade.

Os que partiram são evocados!

Na sua etérea dimensão,
Os lembramos com emoção...

Invoco este momento de partilha
Que se renove ano após ano
E não nos remetamos à nossa ilha.
Vindo partilhar a derradeira réstia de juventude
Continuaremos a viver em plenitude.


Maria Vitória Afonso (Maio/2011)

Quem Somos | Projectos | Agenda | Forum | Contactos